quinta-feira, 30 de maio de 2013

Lá vou eu de novo... :)



Oi pessoal, tudo bem?

Falta pouco. Dia 08 de junho será a minha próxima apresentação no teatro. Ano passado apresentamos poesias, basicamente líamos poesias sobre o mar. O meu sotaque cearense era beeeem carregado rs rs rs Espero que eu pronuncie melhor as palava este ano. Não acredito que o público tenha intendido o sentido do espetáculo. Eu não entendi. rs rs rs Este ano vou interpretar realmente. A minha personagem é uma mulher jovem, solteira, religiosa e um pouco ingênua. Vou entrar com terço na mão e tudo. Estou um pouco ansiosa, admito. Dá sempre um friozinho na barriga. E se eu esquecer a minha fala??? Efeito OMO, branco total!

O espetáculo deste ano será uma comédia. Fomos dividos em grupos diferentes e cada grupo apresenterá uma história. São todas histórias cômicas. Estava pensando no fato de como é difícil fazer rir. Um aplauso, nem que seja de comiseração, o público sempre dá, mas risada… tem que ser espontânea. Que medo! Fico provando na frente do espelho, fazendo caras e bocas. Falando sozinha. 
Os vizinhos devem pensar que eu sou doida! rs rs rs

Enfim, uma coisa é certa: o palco vicia! Viciam o medo, o pânico e o prazer de saber que aquelas pessoas estão alí para nos ver. Mas depois que você sobe no palco, tudo passa tão rápido. Que peninha! Adoro também os momentos antes de subir no palco, nos camarins. Gente, ano passado levei muita coisa pro camarim, pois tinhámos que ficar provando por muito tempo. Carreguei uma bolsa (com rodinhas) com os seguintes itens: chapinha, maquiagem, vestido para trocar, sapatos de salto alto, caixas de som de computador, mp3, garrafa de água de 1,5l, sanduíche, escova de dentes e pasta, pente e escova de cabelos.
Tiraram muito sarro da minha cara! Ah, detalhe fizemos uma festa nos camarins. Coloquei músicas dos anos 70 e 80 para tocar e foi uma doidice. YMCA, I will survive, entre outras. Detalhe: tem outra brasileira(carioca) no grupo. Então, imaginem a bagunça! Até que o professor veio e acabou com a festa! Priscila, spegni questa musica! rs rs rs

A energia era muito boa. Todo mundo nervoso. Algumas pessoas choraram antes, outras choraram depois. Acho que é uma experiência bem interessante. Com certeza faz bem à memória e te ajuda a ser mais desinibido. Lembro bem a primeira aula: tínhamos que sair da sala, entrar sozinhos e olhar todas as pessoas nos olhos. Nossa! Fiquei em pânico. Todo mundo sentado olhando pra mim, me “encarando”. Eram quase vinte pessoas! Pessoas que eu nunca tinha visto antes. Fiz o mais rápido que eu pude pois estava com muita vergonha. E olha que eu não precisava dizer absolutamente nada. rs rs rs O que me dá mais ânsia, ainda hoje, são aulas de improvisação, pois tenho medo de errar os verbos, errar a pronúncia das palavras e de pagar mico. Então, não consigo relaxar.

Gosto mesmo é de uma comédia. Gosto de fazer as pessoas rirem. Espero que eu consiga alcançar meu objetivo. Desejem-me sorte, ou melhor, desejem-me muita MERDA!

Beijos e até o próximo post!
 

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...