domingo, 28 de abril de 2013

Visto de estudos de 6 meses


Oi pessoal, tudo bem?

Em 2009 procurava uma opção de visto para a Itália. Já tinha vindo por 3 meses em 2008 e queria voltar para ficar um pouco mais. O que fazer? Achei(ou melhor, achamos) uma solução pouco convencional ao meu problema. Uma solução mais simples e mais econômica do que se inscrever à  universidade. Quer dizer, me inscrevi na universidade mas de uma forma pouco conhecida. Fiz uma inscrição em um curso semestral (corsi singoli).

O que são os chamados “corsi singoli”? Significa simplesmente inscrever-se nas disciplinas(cadeiras) de um curso e não no curso de graduação. Com esta modalidade, é possível fazer no total 25 créditos por semestre. Esta é uma alternativa pouco utilizada mas prevista no regolamento. Para vocês terem uma ideia: nem mesmo o pessoal da secretaria da universidade era muito informado sobre isso. Eureka! Eu e meu amore tínhamos apenas descoberto uma “brecha” na lei.

Os pré-requisitos para a inscrição nestes cursos são:
·         Ter pelo menos 20 anos de idade;
·         Não ser inscrito em nenhuma universidade italiana;
·         Conhecimento da língua italiana.

Você terá praticamente os mesmos direitos de um estudante regular. Vai poder usar a biblioteca(pegar livros, revistas, cds, etc.), acesso à internet e acesso ao restaurante universitário. E o mais importante: se você decidir continuar estudando e quiser no ano seguinte fazer o curso de gradução é possível reconhecer os créditos que você conseguiu com os “corsi singoli”. Obviamente, para obter o reconhecimento dos créditos, as disciplinas têm que ser relacionadas a um único curso de graduação.

Nem mesmo a funcionária do consulado sabia dessa possibilidade de visto de estudos de 6 meses. Eu fui a primeira pessoa a fazer um coisas dessas.Então vocês podem imaginar a confusão... O que é isso? Nunca ouvi falar! rs rs rs

As vantagens deste método são:
·         Poder ficar por 6 meses na Itália e poder circular tranquilamente pela Europa;
·        O custo reduzido. O custo de cada crédito é de apenas €15 então o custo máximo sará de €375,00, se você fizer os 25 créditos previstos*;
·         Conhecer melhor a universidade italiana e o curso antes de decidir inscrever-se na graduação;
·         Melhorar seu italiano;
·         Poder trabalhar 20 horas por semana.

Um vez que você estiver aqui e decidir continuar a estudar é possivel renovar seu “permesso di soggiorno” sem precisar voltar ao Brasil (economizando passagem e stress!). Esta possibilidade é recente e surgiu graças a um decreto de 2011. No meu caso, tive que voltar ao Brasil depois dos 6 meses e pedir um outro visto de estudos.

(*) O custo e a quantidade de créditos podem variar de acordo com a universidade escolhida. No texto utilizo os datos da Universidade de Pisa.

Deixo aqui a vocês o link do Ministério e o link para o decreto.














Beijos e até o proximo post!



3 comentários:

  1. Priscilla que bafao esse negocio, eu ate coloquei la no meu blog na lista de info sobre a Italia, esse trem e bom demais! Que legal que voce foi pioneira em encontrar isso! Beijocas! Agora teu blog alem de lindo tambem esta super informativo! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. E' nos momentos dificeis q surgem as ideias mais estranhas e criativas! rs rs rs Que bom q vc gostou! Em breve espero fazer um post sobre como funciona a faculdade por aqui. :) Beijocas!

      Excluir
  2. Priscilla, eu preciso dar entrada neste visto do Brasil? A faculdade aqui nao quer me deixar eu me matricular em um corsi singoli sem a residencia. Achei um tanto quanto confuso isso. :-( Você pode me explicar o procedimento uqe voce fez?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...