sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Vida de promoter



Oi Pessoal, tudo bem?


Hoje vou falar sobre o trabalho que eu faço aqui na Itália. É um tipo de trabalho exporádico, feito por muitos estudantes italianos. Vou contar as vocês as vantagens e as desvantagens de trabalhar como promotora de vendas (promoter)


é mais ou menos assim... rs rs rs rs


O primeiro trabalho que eu arranjei aqui na Itália, a parte o trabalho de au pair, foi o trabalho como promotora de vendas. Trabalhava sem receber fixo, só com comissão. Já sabia que seria assim, mas como não tinha nenhuma experiência de trabalho na Itália, resolvi aceitar. Trabalhava seis horas por dia, falando com todo mundo que passava perto de mim. Um trabalho física e mentalmente cansativo. Fala sério, né?! Fui embora rapidinho, fiquei só três dias.  Até fechei um contrato mas achei muita exploração.  É bébé mamá na vaca salomé você não quer, né?


Depois dessa experiência, pude “ancher a boca” dizendo que tinha experiência em vendas e em contato com o público. Outras agências me chamaram e eu comecei a trabalhar, sempre recebendo fixo (indipendentemente das vendas). Mas não trabalhava muito. Em Julho, por exemplo, trabalhei apenas dois dias. Esistem agências que fazem contratos de até 1 ano (nunca tive essa sorte, rs rs rs ). Sempre trabalhei assim, de vez em quando. O contrato mais longo que eu já tive foi um contrato de oito dias. Até agora! Sim, sim. Tem boa notícia no ar! Consegui um novo trabalho(comecei ontem) e devo trabalhar até Dezembro (tomara!). Nós brasileiros trabalhamos, quase sempre, com contrato a tempo indeterminato. Aqui, esse tipo di contrato está virando lenda urbana. Infelizmente.


Para ser promoter tem que ter jogo de cintura e paciência. Tem que saber lidar com os clientes. Tem que ter sempre a resposta na ponta da língua. Tem que tratar bem até os gaiatos que ficam dando cantada em você : “andiamo a prendere um café insieme? ” traduçao: vamos tomar um café juntos? Non, grazie!  A coisa engraçada é que a última promoção que eu fiz era a de uma marca de máquina de café. Então era eu que convidava o povo para tomar café! Hehehehehe


Eu gosto de pensar que estou promoter e não que sou promoter, pois este é um tipo de trabalho que as pessoas fazem enquanto não terminam a faculdade. Ao terminar a faculdade nós queremos, eu quero, encontrar um trabalho mais estável, que seja relacionado àquilo que estudei e melhor remunerado. You may say I’m a dreamer, but I am not the only one. : )


 Para quem quiser se aventurar neste mundo, eis aqui as vantagens e as desvantagens:


Vantagens:

§  Poder ter um dinheirinho para comprar suas coisinhas;

§  Não ter chefe*! Liberdadeeeeeee  ;

§  Dá para conciliar com os estudos;

§  O ambiente de trabalho é agradável;

§  Adquirir experiência profissional (com vendas e contato com o público);

§  Poder ficar com os brindes que sobram.


Desvantagens:

§  O dinheirinho, como o nome já diz, é pouquinho. Um pouco menos de 6 euros a hora;

§  Você tem que viajar para partecipar aos chamados briefings**;

§  Você geralmente é pago depois de dois meses;

§  É cansativo : tem que ficar em pé durante oito horas***;

§  O contrato de trabalho, geralmente, dura muito pouco;

§  O contrato pode ser cancelado de uma hora para outra.





*  o chefe existe, mas  o contato, generalmente, é apenas telefônico ou por e-mail.

** os briefings são as apresentações dos produtos feitas nas sedes das empresas. Geralmente as sedes são em Roma ou Milão. Os gastos com a viagem são reembolsados pela agência.

*** algumas agências exigem uso de salto alto, principalmente para trabalhar como promotora de perfumes. Algumas, sortudas, trabalham sentadas.



Fica a dica!



Beijos e até o próximo post!
 

2 comentários:

  1. Oi, gostei do seu blog. Li o post de como conseguir o visto de estudante. Mas, nesse post você escreveu que conseguiu contrato de trabalho com visto de estudante? É possível isso?
    Não é só estágio?

    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrio. Sim, é possivel trabalhar tendo visto de estudos. A lei permite até 20 horas por semana. :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...